Brayden Point, do Tampa Bay Lightning, perde o quarto jogo consecutivo da final da Stanley Cup

TAMPA, Flórida – O técnico do Tampa Bay Lightning, Jon Cooper, disse que espera ir com a mesma escalação no jogo 6 que usou no jogo 5, o que significa que o pivô Brayden Point perderá seu quarto jogo consecutivo na final da Stanley Cup.

Point patinou com a equipe novamente antes do jogo 6 de domingo à noite em Tampa, com o Colorado Avalanche liderando a série por 3-2.

“É extremamente difícil para todos os envolvidos porque todos se importam muito. Mas não há animosidade ou algo assim. São apenas conversas difíceis porque todo mundo quer a mesma coisa”, disse Cooper.

Point perdeu as vitórias na segunda e terceira rodadas do Lightning com uma lesão na parte inferior do corpo que sofreu no jogo 7 contra o Toronto Maple Leafs em 14 de maio. Ele voltou na final da Stanley Cup, jogando os dois primeiros jogos em Denver. Ele conseguiu uma assistência na derrota do jogo 1, mas claramente não teve a mesma patinação explosiva que o definiu com o Lightning. A equipe o arranhou nos últimos três jogos, substituindo-o na escalação por Riley Nash.

Cooper disse que tem sido difícil para Point, que tem vontade de jogar, mas continua prejudicado pela lesão.

“É complicado porque os jogadores estão acostumados a jogar de uma certa maneira. Se eles não se sentem confiantes em jogar no calibre a que estão acostumados, quase funciona contra eles”, disse Cooper. “Então é lamentável porque é uma lesão grave, e nesta época do ano, todo mundo está tentando voltar para a escalação e há algumas coisas que você não pode fazer. Quando você não pode fazer o que está acostumado fazer, é difícil para um jogador.”

O técnico do Lightning deixou em aberto a possibilidade de que Point, que tem mais gols (30) do que qualquer outro jogador nas últimas três pós-temporadas, possa retornar à escalação para um possível jogo 7 em Denver na terça-feira.

“Ele ainda está se recuperando e tentando melhorar. Quem sabe? Se a série for mais um jogo, você nunca sabe. É difícil para esses caras porque eles são concorrentes”, disse Cooper.

O Avalanche também está monitorando as lesões, com o técnico Jared Bednar deixando a porta aberta para os atacantes Andre Burakovsky e Valeri Nichushkin jogarem na potencial conquista da Copa no domingo.

Bednar disse que “veremos” sobre Burakovsky retornar à série pela primeira vez desde que deixou o jogo 2 com uma lesão. O técnico foi mais positivo em relação a Nichushkin, que deixou o jogo 5 com uma lesão na perna direita, dizendo que a equipe “espera que ele entre”.

Kristen Shilton, da ESPN, contribuiu para este relatório.

Leave a Comment