Primeiro-ministro britânico Truss: não dê ouvidos aos palavrões de Putin sobre a Ucrânia

A primeira-ministra Liz Truss faz um discurso aos membros das Nações Unidas em Nova York durante sua visita aos EUA para participar da 77ª Assembleia Geral da ONU. Data da foto: quarta-feira, 21 de setembro de 2022. Stefan Rousseau/Pool via REUTERS

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

LONDRES, 25 de setembro (Reuters) – A primeira-ministra Liz Truss disse que a Grã-Bretanha e seus aliados não deveriam ouvir o “chacoalhar de sabre” do presidente russo Vladimir Putin sobre a Ucrânia depois que ele ordenou uma mobilização parcial de tropas e levantou a possibilidade de um conflito nuclear.

“Não deveríamos estar ouvindo suas ameaças falsas. Em vez disso, o que precisamos fazer é continuar a impor sanções à Rússia e continuar a apoiar os ucranianos”, disse Truss à CNN em entrevista transmitida no domingo.

Registre-se agora para ter acesso GRATUITO e ilimitado ao Reuters.com

Reportagem de Alistair Smout; Edição por David Clarke

Nossos Padrões: Os Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

Leave a Comment